Évora Wine 2022 arranca hoje, com mais de 200 vinhos

ÉVORA WINE 2022

A sétima edição do evento ÉVORA WINE — que acontece na Praça do Giraldo, em Évora, fruto de uma parceria entre o Turismo do Alentejo, a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, a Confraria dos Enófilos do Alentejo e a Câmara Municipal de Évora — começa hoje, dia 26 de Maio de 2022, e durará até sábado, […]

A sétima edição do evento ÉVORA WINE — que acontece na Praça do Giraldo, em Évora, fruto de uma parceria entre o Turismo do Alentejo, a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, a Confraria dos Enófilos do Alentejo e a Câmara Municipal de Évora — começa hoje, dia 26 de Maio de 2022, e durará até sábado, 28 de Maio.

Ao juntar vinhos, gastronomia, cultura e turismo de todas as sub-regiões do Alentejo, o ÉVORA WINE 2022 terá 40 produtores de vinho presentes, com mais de 200 vinhos em prova. Estamos, assim, perante a maior edição de sempre desde evento.

A entrada é livre, sendo que o copo, e respectiva bolsa de transporte, tem um custo de €9 para um só dia, ou de €15 para todo o evento.

Depois das iniciativas de hoje, em jeito de “pré-convívio”, haverá uma sessão de abertura na sexta-feira às 18h00, na Rota dos Vinhos do Alentejo (R. Cinco de Outubro no 88, 7000-854 Évora), que contará com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques.

O programa completo do ÉVORA WINE 2022, como partilhado pela CVRA:

Quinta-feira – 26/05
17h00 – Andanças do Vinho e do Petisco
Restaurante D ́Ibérica (Rua do Raimundo no 33, 7000-661 Évora)

20h00 – Jantar “Celebrar o Alentejo”
Quinta Nova do Degebe – Galhetas (Estrada do Redondo, 7005-210 Évora)

> Apresentação do trailer do filme biográfico sobre o Eng. Francisco Colaço do Rosário, “Terroir – o Alentejo, as suas castas e o homem que pensou os vinhos”, cujo lançamento vai ser realizado no dia 27 maio, no fórum da FEA.
> Entrega dos Prémios “Por todo o Alentejo” por Francisco Mateus, Vítor Silva e Carlos Pinto Sá.
> Entrega dos prémios “Melhores Vinhos do Alentejo”, pela Confraria dos Enófilos do Alentejo.
> Destaque para o lançamento do livro “Tabernas do Alentejo – arte e ciência”, assinado por Ana Costa Freitas, Francisco Mateus, Rui Dias, Rute Sousa Matos, Francisco Themudo Barata, Sandra Dourado, Paulo Piçarra, Luís Abílio, Vanessa Schnitzer e Carlos Cupeto. Este lançamento realiza-se a 27 maio, na abertura do Évora Wine, na Rota dos Vinhos do Alentejo.

Sexta-feira – 27/05
15h30 – Palestra sobre Sustentabilidade, com Francisco Mateus
Fórum da Fundação Eugénio de Almeida (Páteo de S. Miguel, Apartado 2001, 7001- 901 Évora)

16h00 – Sessão oficial de apresentação do filme biográfico sobre o Eng. Francisco Colaço do Rosário, “Terroir – o Alentejo, as suas castas e o homem que pensou os vinhos”
Fórum da Fundação Eugénio de Almeida (Páteo de S. Miguel, Apartado 2001, 7001- 901 Évora)
*lugares limitados

18h00 – Sessão de inauguração do Évora Wine
Rota dos Vinhos do Alentejo (R. Cinco de Outubro no 88, 7000-854 Évora) > Apresentação do livro “Tabernas do Alentejo – arte & ciência”

18h00 – Abertura de portas do Évora Wine
Praça do Giraldo, Évora
> Provas de vinhos e petiscos alentejanos
> Atuações de Cante Alentejano Os Almocreves, Jazz com Rodrigo Lino e da Banda Dose Dupla.

19h30 – Showcooking a cargo da Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre

Sábado – 28/05
16h00 – Transmissão do filme biográfico sobre o Eng. Francisco Colaço do Rosário, “Terroir – o Alentejo, as suas castas e o homem que pensou os vinhos” Auditório Grande do Colégio Espírito Santo da Universidade de Évora (R. do Cardeal Rei 6, 7000-645 Évora)

18h00 – Évora Wine
Praça do Giraldo, Évora
> Provas de vinhos e petiscos alentejanos
> Atuações de Grupo Sevilhanas, Fado Jorge Gato acompanhado por Filipe Núncio e da Banda Pedro, Raquel, Francisco & Friends.

19h30 – Showcooking a cargo da Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre
Praça do Giraldo, Évora

Resultados do Concurso Melhores Vinhos do Alentejo foram anunciados

Vinhos Alentejo paisagem

Foi nas novas instalações da Rota dos Vinhos do Alentejo que decorreu o VIII Concurso Melhores Vinhos do Alentejo, e onde foram também anunciados os resultados ontem, dia 17 de Julho. O júri de 15 elementos provou um total de 132 vinhos – 39 brancos, 8 rosés e 85 tintos – e premiou 27, neste […]

Foi nas novas instalações da Rota dos Vinhos do Alentejo que decorreu o VIII Concurso Melhores Vinhos do Alentejo, e onde foram também anunciados os resultados ontem, dia 17 de Julho.

O júri de 15 elementos provou um total de 132 vinhos – 39 brancos, 8 rosés e 85 tintos – e premiou 27, neste concurso organizado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA). Os jurados, de várias áreas do sector, foram os enólogos António Ventura, Bernardo Cabral, Carlos Ramos, Francisco Pimenta, Joana Roque Vale, Luís Duarte, Nelson Rolo, Paulo Laureano, Pedro Baptista, Rui Veladas e Rui Reguinga; José Santanita como representante da Associação de Escanções de Portugal, o jornalista da Grandes Escolhas João Paulo Martins; Maria João Cabrita da Universidade de Évora e Francisco Mata como confrade.

Em comunicado, a CVRA explicou que, conforme o regulamento do concurso, apenas 20% do total dos vinhos poderiam ser premiados. Os grandes vencedores, galardoados com medalha de Ouro, foram o brancos Monte da Capela – Reserva 2018, produzido pela Casa Clara; o tinto Poliphonia Signature 2015, da Granacer; e o rosé Comenda Grande 2019, produzido pela Monte da Comenda Agroturismo. Além das medalhas de Ouro, Prata e Bronze, receberam ainda Menções Honrosas 5 vinhos brancos e 14 vinhos tintos.

Os resultados completos:

VINHOS BRANCOS

VINHOS ROSÉ

VINHOS TINTOS

MENÇÃO HONROSA

VINHOS BRANCOS

VINHOS TINTOS

Vinhos do Alentejo criam plataforma que facilita compra online

A CVRA – Comissão Vitivinícola Regional Alentejana lançou uma plataforma online, através do seu site, com o objectivo de ajudar os produtores da região a desenvolver o seu negócio num contexto turbulento como o actual. Desta forma, os consumidores podem ter acesso aos seus vinhos preferidos de uma forma simples, rápida e segura, já que […]

A CVRA – Comissão Vitivinícola Regional Alentejana lançou uma plataforma online, através do seu site, com o objectivo de ajudar os produtores da região a desenvolver o seu negócio num contexto turbulento como o actual. Desta forma, os consumidores podem ter acesso aos seus vinhos preferidos de uma forma simples, rápida e segura, já que a plataforma os redirecciona directamente para a página do produtor, na qual podem finalizar a compra e receber o vinho em casa.

São cerca de 49 os produtores que, ao serem impactados por este novo contexto, reinventaram as suas formas de negócio, respondendo assim de forma ágil e positiva aos desafios.

Para Francisco Mateus, presidente da CVRA, “é imperativo estarmos ao lado dos nossos produtores e consumidores, pelo que esta foi a forma que encontrámos de os ajudar num momento de crise como o que vivemos. Trata-se de uma forma segura de promovermos a economia da nossa região que, tal como as restantes zonas do país, tem sido bastante afectada por esta pandemia mundial [do novo coronavírus, a Covid-19]. Acreditamos que esta medida é relevante e útil para os consumidores de vinho que podem receber as suas compras directamente nas suas casas. Esperamos ver, em breve, os Vinhos do Alentejo expostos nos restaurantes, lojas e outros locais onde sempre marcaram presença de forma destacada, mas a compra online é, neste momento, a forma mais segura de adquirir os vinhos da nossa região”.

Pode visitar a plataforma aqui.

Vinhos do Alentejo aumentaram 3,8% nas vendas em 2019

De acordo com dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), a região do Alentejo colocou no mercado um volume correspondente a 117,4 milhões de garrafas de vinho certificado DOC Alentejo e Regional Alentejano, um aumento de 3,8% face a 2018. O volume total foi de 88,2 milhões de litros, entre vinho tinto, branco e rosé. […]

De acordo com dados da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), a região do Alentejo colocou no mercado um volume correspondente a 117,4 milhões de garrafas de vinho certificado DOC Alentejo e Regional Alentejano, um aumento de 3,8% face a 2018. O volume total foi de 88,2 milhões de litros, entre vinho tinto, branco e rosé.

As vendas incluíram 70% de vinhos da colheita 2018, 21% da colheita 2017, 5% da colheita 2016 e 4% de colheitas anteriores, com os meses de fevereiro, abril e maio a terem maior actividade comercializadora com quantidades médias de 12,5 milhões de garrafas por mês. As vendas de vinho branco e rosé em 2019 foram as mais elevadas dos últimos cinco anos e representaram, respectivamente, 21% e 2% do total, numa quantidade de 24,7 milhões de garrafas nos brancos e 2,2 milhões de garrafas nos rosés. Os vinhos tintos, que foram 77% do total, chegaram a 90,5 milhões de garrafas, menos 7 milhões do que a média dos cinco anos entre 2014-2018. O vinho Regional Alentejano representou 78% da comercialização e o DOC Alentejo 22%, tendo o DOC registado crescimentos mais significativos nos vinhos originários das sub-regiões de Portalegre (+38%) e da Granja-Amareleja (+17%).

Para Francisco Mateus, presidente da CVRA, “Estes resultados revelam que a região está dinâmica e que as produções em cada ano influenciam o potencial comercial dos produtores, dado que a vindima de 2018 teve mais produção o que possibilitou mais vendas em 2019, situação que não se tinha verificado nos três anos anteriores”. Sobre o crescimento dos vinhos brancos e rosés, o presidente da CVRA adianta que “É uma evidência que o Alentejo está a afirmar-se nestas categorias e a conseguir cativar os consumidores, uma tendência que observamos desde há alguns anos com a importância de brancos e rosés a aumentar ano após ano desde 2014”.

ACV – Vinhos de Talha já tem loja online

A ACV – Vinhos de Talha, começa o ano de 2020 com a abertura da sua nova Loja Online. Esta fase inicial traz vantagens e campanhas exclusivas para os clientes: quando do registo, o utilizador recebe, imediatamente, um voucher de €5; e na compra de dois dos três produtos que estão em promoção, é oferecido […]

A ACV – Vinhos de Talha, começa o ano de 2020 com a abertura da sua nova Loja Online.

Esta fase inicial traz vantagens e campanhas exclusivas para os clientes: quando do registo, o utilizador recebe, imediatamente, um voucher de €5; e na compra de dois dos três produtos que estão em promoção, é oferecido 10% de desconto + portes de envio.

ACV – Vinhos de Talha, situada em Vila de Frades,  foi um dos primeiros produtores a certificar os seus vinhos como Vinho de Talha, junto da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana. Produzindo exclusivamente nestas ânforas de barro, estes vinhos nascem numa adega tradicional com algumas talhas datadas de 1856 e 1860.

Petiscos e vinhos alentejanos em Lisboa até 13 de Outubro

Rota dos Petiscos e Vinhos do Alentejo, Tiborna de rabo de boi

(na foto, o petisco do restaurante Carnealentejana, uma deliciosa Tiborna de Rabo de boi. Foto de João Pedro Correia) De 29 de Setembro a 13 de Outubro, a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana vai reeditar em Lisboa a Rota dos Petiscos e Vinhos do Alentejo. A edição deste ano irá trazer mais restaurantes aderentes e, para […]

(na foto, o petisco do restaurante Carnealentejana, uma deliciosa Tiborna de Rabo de boi. Foto de João Pedro Correia)

De 29 de Setembro a 13 de Outubro, a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana vai reeditar em Lisboa a Rota dos Petiscos e Vinhos do Alentejo. A edição deste ano irá trazer mais restaurantes aderentes e, para além da comida alentejana e portuguesa, o evento vai contar com cozinhas internacionais, da India, Brasil, Vietname, Moçambique e Itália.

No total, são 14 os restaurantes que aceitaram o desafio de recriarem um petisco acompanhado por um copo de vinho do Alentejo. A harmonia foi seleccionada por cada um dos restaurantes, pelo valor de €4,50.

By The Wine, Carnalentajana, Companhia do Largo, Livraria-Bar Menina e Moça, Lost In, Santos-O-Vinho, Chutnify, Chiveve, Malaca Too, Boteco Da DRI, Maritaca e TOPO (Belém, Chiado e Martim Moniz) são os restaurantes que vão integrar este roteiro.

Para Francisco Mateus, presidente da CVRA, “Ao incluirmos os sabores do mundo nesta Rota quisemos demonstrar a versatilidade dos Vinhos do Alentejo”. Pode ver mais informações no site da CVR Alentejana.

Entretanto, os Vinhos do Alentejo vão continuar por Lisboa. Durante os dias 13, 14 e 15 de Outubro, no CCB – Centro Cultural de Belém, vai realizar-se o evento anual “Vinhos do Alentejo em Lisboa”, um evento que para além de provas de vinho tem um programa complementado com a gastronomia alentejana e muita animação.

O petisco do restaurante Chutnify. Foto de João Pedro Correia

CVR do Alentejo promove certificação

CVRA - processo de certificação

Quando se fala de vinhos, a certificação não é dos temas mais abordados. Mas é um facto que a certificação é uma espécie de garantia de qualidade do vinho, não só em termos do valor organoléptico do vinho mas também da sua autenticidade e das suas qualidades sanitárias e físico-químicas. E ainda da conformidade dos […]

Quando se fala de vinhos, a certificação não é dos temas mais abordados. Mas é um facto que a certificação é uma espécie de garantia de qualidade do vinho, não só em termos do valor organoléptico do vinho mas também da sua autenticidade e das suas qualidades sanitárias e físico-químicas. E ainda da conformidade dos rótulos aos ditames da lei.

A região do Alentejo será certamente das que maior percentagem de vinho certifica, rondando os 90% de todo o vinho produzido na região. A certificação é assegurada pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), com sede em Évora. Esta instituição faz agora questão em promover este serviço prestado aos consumidores, especialmente através do seu site, localizado em http://certificacao.vinhosdoalentejo.pt/pt
Tiago Caravana, director de marketing da CVRA, disse-nos que “os consumidores valorizam a região [Alentejo] mas desconhecem o que está por trás do vinho”. E acrescenta: “muitos compradores nacionais e sobretudo internacionais valorizam muito a certificação do vinho”.

Tiago explicou-nos que, antes de colocar um vinho no mercado, um produtor chama os técnicos da CVRA, que recolhem seis amostras. Uma fica no próprio produtor (para contra-prova) e as restantes cinco vão para a CVRA. Destas cinco, uma fica em arquivo, outra vai para o laboratório (grau alcoólico, acidez, etc) e as restantes vão para análise organoléptica. Todas as provas e análises são cegas. O último passo é a certificação do rótulo. Refira-se que a CVRA certifica anualmente mais de 3.000 vinhos mas note que alguns lotes são certificados mais do que uma vez, à medida que vão sendo engarrafados (falamos geralmente de grandes quantidades).

Estes passos são detalhados numa animação presente no site, que contém ainda alguns vídeos de testemunhos de clientes sobre o tema.