Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo destacada

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) foi distinguido nos prémios V d’Or 2024, na categoria “Best Joint Initiative”, que o destaca como melhor iniciativa conjunta do setor vitivinícola mundial. A cerimónia de entrega de prémios decorreu em Paris, na “La Nuit des V’Or”, evento que marcou o arranque da Wine Paris & […]

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) foi distinguido nos prémios V d’Or 2024, na categoria “Best Joint Initiative”, que o destaca como melhor iniciativa conjunta do setor vitivinícola mundial. A cerimónia de entrega de prémios decorreu em Paris, na “La Nuit des V’Or”, evento que marcou o arranque da Wine Paris & Vinexpo Paris, uma das principais feiras internacionais de vinhos.

Esta iniciativa celebra a excelência dos agentes do setor em termos de desempenho e desenvolvimento sustentável, destacados em cinco categorias: iniciativa coletiva, iniciativa de transmissão, novas soluções para negócios, experiência de marca e marketing ecologicamente responsável. A organização distinguiu o PSVA “pela atenção aos pormenores, equilíbrio e rigor, bem como pela capacidade de promover a biodiversidade e, ainda, fortalecer a reputação dos Vinhos do Alentejo em todo o globo”.

PSVA2.0: Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo dá mais um passo

PSVA2.0

O PSVA2.0 foi agora apresentado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CRVA), a nova e melhorada versão do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, lançado em 2015. O PSVA2.0 resulta de uma parceria com a ANP/WWF (Associação Natureza Portugal e World Wide Fund for Nature) e a Universidade de Évora, num protocolo assinado em 2022. […]

O PSVA2.0 foi agora apresentado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CRVA), a nova e melhorada versão do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, lançado em 2015. O PSVA2.0 resulta de uma parceria com a ANP/WWF (Associação Natureza Portugal e World Wide Fund for Nature) e a Universidade de Évora, num protocolo assinado em 2022.

O objectivo, segundo a CVRA, é que os produtores aderentes ao PSVA – que representam já 58% da área total de vinha do Alentejo – possam, através da utilização mais responsável dos recursos necessários à cultura das vinhas, tornar a produção mais resiliente e adaptada às condições naturais, no fundo, “manter o Alentejo tal como o conhecemos e, independentemente do passar dos anos, garantir que os vinhos têm a mesma qualidade, sem comprometer o ambiente e respondendo da melhor forma possível às crescentes pressões derivadas das alterações climáticas”, explica João Barroso, coordenador do Programa de Sustentabilidade.

A CVRA descortina, ainda, que esta revisão do PSVA foi feita sob um olhar atento para vertentes como a biodiversidade, pesticidas, clima e água e a nova versão passa agora a incluir dois novos capítulos, perfazendo um total de 20. “Acrescentou-se uma secção destinada à ‘Resiliência e adaptação às alterações climáticas’, na qual se podem encontrar variáveis como medidas de adaptação e mitigação às mudanças climáticas, ou a avaliação da necessidade de água ou a pegada de carbono; e incluiu-se um capítulo sobre ‘Economia Circular’, onde se destacam questões relacionadas com materiais e equipamentos ou com subprodutos e resíduos de vinificação”.

Foram mantidos os 171 critérios de avaliação da primeira versão do programa, mas 74% foram melhorados e foram incluídos 29 novos itens, dando-se destaque a variáveis como o uso de castas mais resilientes e de diversidade genética; a eficiência dos factores de produção (como água e eletricidade); a promoção do consumo responsável de vinhos junto dos consumidores; a equidade salarial entre géneros; ou, ainda, o contributo para a inserção social de pessoas com deficiência.

Quinta do Paral integra Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo

Quinta Paral Programa Sustentabilidade

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), desenvolvido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), continua a integrar cada vez mais produtores de vinho da região, sendo a Quinta do Paral a 14ª adega a ver certificadas as suas práticas sustentáveis de viticultura e vinificação. O PSVA, que analisa as empresas em 3 sectores […]

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), desenvolvido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), continua a integrar cada vez mais produtores de vinho da região, sendo a Quinta do Paral a 14ª adega a ver certificadas as suas práticas sustentáveis de viticultura e vinificação.

O PSVA, que analisa as empresas em 3 sectores — Viticultura, Adega, Viticultura & Adega — avaliou a Quinta do Paral quanto à Viticultura & Adega.

“Este certificado só veio comprovar as diversas práticas sustentáveis que temos vindo a implementar desde sempre, na nossa área vitivinícola. Um exemplo disso é o cuidado que temos tido com a conservação das nossas vinhas, a redução do uso de fitofármacos que permitiu a melhoria do ecossistema, levando a uma recuperação da fauna e da flora envolvente, como refletido nas nossas Vinhas Velhas”, comenta Luís Leão, responsável de enologia da Quinta do Paral.

Em relação ao Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, a CVRA declara: “O sector vitivinícola tem uma dependência total dos recursos naturais, da energia solar, de condições climatéricas apropriadas, água limpa e potável, e de solos saudáveis, devendo haver uma integração bem-sucedida destes elementos de forma ecologicamente sã. A CVRA considera ser uma prioridade a protecção e valorização destes activos naturais através de práticas sustentáveis exercidas por colaboradores altamente qualificados”.

Herdade da Lisboa certificada pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo

Herdade Lisboa sustentabilidade

As práticas de produção de uva e vinho da Herdade da Lisboa — propriedade da Família Cardoso na Vidigueira — foram reconhecidas, tendo alcançado a certificação do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo. Implementado pela Universidade de Évora e pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, este programa avalia como os produtores de vinho da região […]

As práticas de produção de uva e vinho da Herdade da Lisboa — propriedade da Família Cardoso na Vidigueira — foram reconhecidas, tendo alcançado a certificação do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo.

Implementado pela Universidade de Évora e pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, este programa avalia como os produtores de vinho da região desenvolvem as suas actividades agrícolas e de vinificação, oferecendo recomendações de melhoria, para aumentar a competitividade e a sustentabilidade dos vinhos do Alentejo nos mercados interno e externo.

“É com muito orgulho que recebemos esta certificação. Ser sustentável é bem mais do que poupar recursos naturais essenciais, tais como a água e a energia. Ser sustentável é apostar na economia circular, proteger e regenerar a biodiversidade que nos rodeia, aumentar a eficiência nos processos produtivos e apoiar a comunidade local. Acreditamos desta forma contribuir para um futuro melhor da nossa herdade e para as gerações futuras”, sublinha a equipa da Família Cardoso.

Segundo a empresa, os enrelvamentos naturais, corte mecânico de infestantes para evitar o uso de herbicidas, ou utilização de painéis solares, são algumas das técnicas e equipamentos sustentáveis utilizados nos cerca de 100 hectares de vinha da Herdade da Lisboa. A tecnologia também assume um papel central na adega deste produtor, construída em 2018.

Herdade do Rocim recebe Selo de Produção Sustentável dos Vinhos do Alentejo

Rocim selo produção sustentável

A Herdade do Rocim — situada em Cuba, na Vidigueira, Baixo Alentejo — acaba de conquistar o Selo de Produção Sustentável atribuído pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, um projecto da Comissão Vitivinícola da região. Com 120 hectares de propriedade, 70 dos quais de vinha (a maior parte em modo de produção biológico […]

A Herdade do Rocim — situada em Cuba, na Vidigueira, Baixo Alentejo — acaba de conquistar o Selo de Produção Sustentável atribuído pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, um projecto da Comissão Vitivinícola da região.

Com 120 hectares de propriedade, 70 dos quais de vinha (a maior parte em modo de produção biológico e o restante em conversão), a Herdade do Rocim tem vindo, como diz o produtor em comunicado, a “aumentar a eficiência, reduzir o consumo de recursos naturais, mantendo o foco na qualidade”. Como plano de sustentabilidade, a Rocim pretende ainda “investir na vinha, com a gestão dos solos e da água; na adega, a gestão da água e de energia e os materiais usados na sua construção assim como a gestão das pragas e resíduos; na relação com os fornecedores, optando por aqueles que também cumprem as regras ambientais”. Adicionalmente, “a aposta na motivação da equipa é outra das componentes que a empresa privilegia”.

Catarina Vieira, administradora, viticóloga e enóloga da Herdade do Rocim, juntamente com Pedro Ribeiro, refere, no contexto de obtenção do Selo de Produção Sustentável: “Seja na vinha, na adega, na relação com os fornecedores e até mesmo na política de recursos humanos, temos sempre presente uma preocupação muito grande com a sustentabilidade do nosso projecto e, por isso, a Rocim aderiu desde logo a este Programa, por entender que todas estas preocupações fazem parte do nosso DNA, primeiramente enquanto cidadãos e naturalmente enquanto produtores de uva e vinho. Ser sustentável sai-nos muito mais caro, mas acreditamos que a médio e longo prazo seremos largamente compensados pelo cuidado que temos com o ambiente e com as pessoas”.

Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo premiado nos IRGAwards

Alentejo IRGAwards

Os IRGAwards — prémios promovidos pela Deloitte, há mais de três décadas — estrearam este ano uma nova categoria, a “Sustainability Initiative Award”, e a primeira entidade a receber este galardão foi o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), um projecto da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA). Segundo a Deloitte, este novo prémio […]

Os IRGAwards — prémios promovidos pela Deloitte, há mais de três décadas — estrearam este ano uma nova categoria, a “Sustainability Initiative Award”, e a primeira entidade a receber este galardão foi o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), um projecto da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA).

Segundo a Deloitte, este novo prémio pretende reconhecer iniciativas que “tenham tido um impacto significativo na melhoria das condições do governo societário ou do mercado, visando nomeadamente atender à responsabilidade pelos impactos sociais e ambientais da atividade empresarial”.

“Foi com muito orgulho que recebemos a distinção dos IRGAwards, de um programa que coloca a região do Alentejo como pioneira na implementação de políticas e medidas de agricultura sustentável, e que vão ao encontro dos objectivos traçados para a construção de um futuro melhor”, afirma Francisco Mateus, presidente da CVRA.

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejofoi criado em 2015 e conta já com 448 membros associados, que representam mais de 42% da área de vinha do Alentejo. Este programa foi já distinguido com outros prémios internacionais, como o “The Drinks Business Green Awards”; os Prémios Europeus de Promoção Empresarial, uma iniciativa da Comissão Europeia e coordenada, em Portugal, pelo IAPMEI; ou o título de Embaixador Europeu de Inovação Rural pelo projeto LIAISON, uma Parceria Europeia de Inovação para a Produtividade Agrícola e Sustentabilidade lançada, igualmente, pela Comissão Europeia.

Já há vinhos do Alentejo no mercado com selo de Produção Sustentável

selo produção sustentável alentejo

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]Certificação inédita em Portugal, o selo de Produção Sustentável dos Vinhos do Alentejo — criado pelo Programa de Sustentabilidade da Comissão Vitivinícola desta região (CVRA) — já pode ser encontrado em garrafas de vinho da Herdade dos […]

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]Certificação inédita em Portugal, o selo de Produção Sustentável dos Vinhos do Alentejo — criado pelo Programa de Sustentabilidade da Comissão Vitivinícola desta região (CVRA) — já pode ser encontrado em garrafas de vinho da Herdade dos Grous e da Herdade dos Coelheiros, ambas marcas presentes nos supermercados.

Esta certificação reconhece os produtores da região que cumprem os 171 requisitos estabelecidos pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, entre eles as boas práticas de poupança de recursos; promoção da biodiversidade; utilização de energias renováveis, protecção dos solos ou o fomento de iniciativas que envolvam toda a comunidade na adopção de comportamentos sustentáveis. Alem do mais, o selo de Produção Sustentável dos Vinhos do Alentejo é atribuído por quatro organismos distintos: Bureau Veritas, Certis, Kiwa Sativa e SGS.

Francisco Mateus, presidente da CVRA, garante que “Este é um passo histórico para o sector vitivinícola português, que ilustra uma acentuada mudança no modo de pensar a produção sustentável em Portugal. A partir de agora, os consumidores poderão facilmente identificar os produtores alentejanos que, ao longo dos últimos anos, trilharam um caminho que permitiu alterar práticas, continuando a disponibilizar vinhos de excelência e respeitando, sempre, o ecossistema”. A CVRA estima que, ainda este ano, mais produtores adquiram este reconhecimento.

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo é uma iniciativa pioneira que conta já com 448 produtores associados, que representam mais de 42% da área de vinha da região.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][divider line_type=”Full Width Line” line_thickness=”1″ divider_color=”default”][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no Instagram

[/vc_column_text][mpc_qrcode preset=”default” url=”url:https%3A%2F%2Fwww.instagram.com%2Fvgrandesescolhas|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no Facebook

[/vc_column_text][mpc_qrcode preset=”default” url=”url:https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fvgrandesescolhas|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no LinkedIn

[/vc_column_text][mpc_qrcode url=”url:https%3A%2F%2Fwww.linkedin.com%2Fin%2Fvgrandesescolhas%2F|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][/vc_row]

Alentejo participa em conferência internacional de sustentabilidade

Alentejo conferência sustentabilidade

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]“Sustainability in the Vineyard” é uma conferência internacional que acontece já amanhã, dia 22 de Junho pelas 09h00, em formato digital, e que pretende debater a sustentabilidade ambiental, social e económica do sector do vinho. Organizada pela Sustainable […]

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]“Sustainability in the Vineyard” é uma conferência internacional que acontece já amanhã, dia 22 de Junho pelas 09h00, em formato digital, e que pretende debater a sustentabilidade ambiental, social e económica do sector do vinho. Organizada pela Sustainable Wine — organização londrina que quer estabelecer a sustentabilidade como tendência do futuro no sector, ao nível mundial — esta conferência de participação gratuita tem como único convidado português o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA). Coordenado por João Barroso e impulsionado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA), este programa é uma iniciativa pioneira em Portugal que, em 2020, lançou o único selo nacional de produção vitivinícola sustentável.

Entre os vários temas abordados na conferência Sustainability in the Vineyard, estão a reutilização de água, nas vinhas e nas adegas, e a certificação de sustentabilidade. João Barroso refere: “Os Vinhos do Alentejo têm vindo a sobressair nos mercados internacionais e a sustentabilidade é, certamente, o futuro do sector vitivinícola. Este tipo de eventos é fundamental para partilhar conhecimentos e ferramentas úteis para atingir um objetivo comum a todos: a sustentabilidade da produção, a urgente adaptação de toda uma indústria e a potenciação da resiliência dos sistemas agrícolas à ameaça real das alterações climáticas”.

A inscrição na Sustainability in the Vineyard pode ser feita AQUI.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][divider line_type=”Full Width Line” line_thickness=”1″ divider_color=”default”][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no Instagram

[/vc_column_text][mpc_qrcode preset=”default” url=”url:https%3A%2F%2Fwww.instagram.com%2Fvgrandesescolhas|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no Facebook

[/vc_column_text][mpc_qrcode preset=”default” url=”url:https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fvgrandesescolhas|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no LinkedIn

[/vc_column_text][mpc_qrcode url=”url:https%3A%2F%2Fwww.linkedin.com%2Fin%2Fvgrandesescolhas%2F|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][/vc_row]

Herdade dos Grous é a primeira do Alentejo a obter certificação de Produção Sustentável

Foi o primeiro produtor a atingir os objectivos propostos pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) — projecto pioneiro em Portugal, criado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana — para obtenção da certificação “Produção Sustentável”. A Herdade dos Grous, situada no Baixo Alentejo, “tem vindo a desenvolver uma filosofia de produção sustentável em todas […]

Foi o primeiro produtor a atingir os objectivos propostos pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) — projecto pioneiro em Portugal, criado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana — para obtenção da certificação “Produção Sustentável”. A Herdade dos Grous, situada no Baixo Alentejo, “tem vindo a desenvolver uma filosofia de produção sustentável em todas as suas vertentes, com especial enfoque na vinha e adega. Promove a paisagem agrícola em mosaico, mantendo e incrementando a biodiversidade. Para tal, foca-se na manutenção e reflorestação do montado, sementeiras de pastagens permanentes biodiversas, olival, áreas de pousio, promoção de bancos de habitats para polinizadores e auxiliares e naturalmente, na vinha”, diz o produtor em comunicado.

Em concreto, na vinha, a Herdade dos Grous tem adoptado várias medidas “não só na orientação da sua plantação, mas também na escolha de castas mais resilientes e práticas agrícolas que potenciam a protecção e vida nos solos”. Na adega, “são igualmente implementadas boas práticas, tendo em conta aspetos fundamentais como, o uso eficiente de energia eléctrica e de água, bem como o recurso a materiais mais sustentáveis na embalagem dos produtos”, refere a empresa. Também “a responsabilidade social e o envolvimento e cooperação com os seus colaboradores e comunidade local são áreas de acção fundamentais para que o projeto seja verdadeiramente integrado. São desenvolvidas regularmente atividades lúdicas, educativas e de apoio solidário a escolas e associações locais, envolvendo ativamente os colaboradores da Herdade nestas ações”, conclui a Herdade dos Grous.

Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo premiado internacionalmente

Iniciativa - Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) foi, no passado dia 7 de Dezembro, distinguido na 11ª edição do The Drinks Business Green Awards, prestigiados prémios internacionais que premeiam a liderança de organizações ou empresas no mundo do vinho e bebidas espirituosas, no que concerne a boas práticas ambientais e de sustentabilidade. O […]

O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) foi, no passado dia 7 de Dezembro, distinguido na 11ª edição do The Drinks Business Green Awards, prestigiados prémios internacionais que premeiam a liderança de organizações ou empresas no mundo do vinho e bebidas espirituosas, no que concerne a boas práticas ambientais e de sustentabilidade. O galardão foi recebido na categoria “The Amorim Sustainability Award”, tendo o PSVA concorrido com projectos como International Wineries for Climate Change ou Wines of Great Britain. 

João Barroso, coordenador deste Programa de Sustentabilidade, afirma: “É com grande satisfação que anunciámos mais uma distinção do PSVA. Este prémio enche-nos de orgulho, dada a qualidade da competição e o seu carácter de abrangência mundial. Reforça igualmente a nossa mensagem de que a sustentabilidade não é uma moda, mas sim o novo paradigma do século XXI. No Alentejo temos a perfeita noção que para que possamos continuar a produzir vinhos de excelente qualidade, temos a responsabilidade de aumentar a capacidade de regeneração e resiliência dos recursos naturais”.