Quinta do Noval declara Porto Vintage 2022

Quinta do Noval

Christian Seely, diretor Geral da Quinta do Noval anunciou recentemente a declaração dos Vinhos do Porto Quinta do Noval Nacional Vintage 2022, Quinta do Noval Vintage 2022 e Quinta do Passadouro Vintage 2022. Segundo o responsável, “2022 foi um ano de extremos, muito quente e muito seco”. A região enfrentou ondas de calor recorrentes no […]

Christian Seely, diretor Geral da Quinta do Noval anunciou recentemente a declaração dos Vinhos do Porto Quinta do Noval Nacional Vintage 2022, Quinta do Noval Vintage 2022 e Quinta do Passadouro Vintage 2022.

Segundo o responsável, “2022 foi um ano de extremos, muito quente e muito seco”. A região enfrentou ondas de calor recorrentes no início de julho e de agosto, com períodos prolongados de temperaturas superiores a 40°C, que chegaram a atingir um pico de 45,5°C em meados de Julho. Foram “condições semelhantes às que originaram as grandes colheitas de 2017 e 1945 e, tal como nesses anos, 2022 evidenciou a notável capacidade de resistência do nosso terroir e das nossas castas durienses”, conta Christian Seely, acrescentando que as videiras se mantiveram saudáveis ao longo do ano, isentas de stress hídrico e com muito pouca incidência de doenças.

O Quinta do Noval Vintage foi, como sempre, produzido com base numa seleção muito rigorosa dos melhores vinhos do ano. “Destaca-se pela sua grande concentração e pureza, sendo profundo, especiado e aromático, uma expressão muito característica do terroir da Noval”, diz Christian Seely. As 2600 caixas produzidas representam apenas 6,6% da produção total de vinho do Porto dos 155 hectares da sua vinha.

O lote que deu origem ao Quinta do Passadouro Vintage 2022 é composto por uvas de três pequenas parcelas no vale do Pinhão, e “o vinho resultante destaca-se pelo seu estilo distinto, sendo puro, floral e aromático, mas com a riqueza característica da colheita de 2022.”

Quinta do Noval Terroir Series: chegou o segundo vinho da série

Quinta Noval Terroir Series

Depois do Vinhas da Marka 2019, Vinhas do Passadouro 2020 é o segundo tinto da nova gama da Quinta do Noval, Terroir Series, pensada pelo produtor do Douro para “engarrafar” terroirs específicos, identificados por este como excepcionais. “O Vinhas do Passadouro, da Quinta do Noval, é proveniente de um terroir excepcional na margem esquerda do […]

Depois do Vinhas da Marka 2019, Vinhas do Passadouro 2020 é o segundo tinto da nova gama da Quinta do Noval, Terroir Series, pensada pelo produtor do Douro para “engarrafar” terroirs específicos, identificados por este como excepcionais.

Quinta Noval Terroir Series

“O Vinhas do Passadouro, da Quinta do Noval, é proveniente de um terroir excepcional na margem esquerda do rio Pinhão. As vinhas são plantadas principalmente, em socalcos antigos, no centro dos quais se situa uma parcela de 0,93 hectares de vinhas velhas. Estas vinhas que remontam a 1930 são um field blend com mais de 20 castas tradicionais diferentes, a partir das quais vinificámos e isolámos uma quantidade restrita mas excelente de vinho. O solo desta parcela de vinhas antigas é maioritariamente de xisto, com um elevado teor mineral, que inclui quartzo, mica e diversos tipos de feldspato, contribuindo para os aromas únicos e característicos que se podem encontrar neste vinho”, explica a Quinta do Noval.

Veja o vídeo sobre o tinto Quinta do Noval Terroir Series Vinhas do Passadouro 2020:

Quinta do Noval declarou Porto Vintage 2021

Quinta do Noval Vintage

Num comunicado de Christian Seely, director-geral da Quinta do Noval, a empresa anunciou o lançamento de três vinhos do Porto Vintage 2021: Quinta do Noval Nacional Vintage, Quinta do Noval Vintage e Quinta do Passadouro Vintage. “Estou muito feliz por poder anunciar a declaração de três vinhos do Porto Vintage excepcionais, do ano de 2021 […]

Num comunicado de Christian Seely, director-geral da Quinta do Noval, a empresa anunciou o lançamento de três vinhos do Porto Vintage 2021: Quinta do Noval Nacional Vintage, Quinta do Noval Vintage e Quinta do Passadouro Vintage.

“Estou muito feliz por poder anunciar a declaração de três vinhos do Porto Vintage excepcionais, do ano de 2021 […]. As condições meteorológicas em 2021 contrastaram vivamente com as do ano anterior. Um Inverno húmido e a precipitação regular no mês de Abril repuseram totalmente os níveis de água tão necessários no solo. A floração precoce em Maio foi seguida de um mês de Junho muito quente, com alguns períodos de trovoadas e granizo, que felizmente não afectaram as nossas vinhas.

Julho e Agosto foram meses amenos e soalheiros, sem o calor extremo ou o stress hídrico a que assistimos em alguns dos últimos anos. Isto permitiu um amadurecimento lento e homogéneo das uvas, em excelentes condições. Começámos a vindima das uvas tintas a 26 de Agosto. Devido a alguma chuva no início de Setembro, suspendemos a vindima durante três dias, após os quais retomamos com tempo ensolarado e temperaturas amenas, que permitiram um desenvolvimento fenólico positivo constante até ao final da vindima, a 8 de Outubro. Não se registaram picos nas leituras de açúcar, o que nos permitiu aguardar pela maturação ideal em cada parcela.

Os resultados foram excelentes para várias parcelas de Touriga Nacional, Touriga Francesa e Sousão. O Nacional e várias outras parcelas de vinha velha estavam excepcionais.

Os vinhos exibem uma acentuada individualidade estilística, reflectindo as condições particulares do ano, muito elegantes e equilibrados, com uma grande subtileza e aromas florais e de frutas silvestres muito puros. Fortemente aromático, com taninos finos, densos e firmes, a pureza da fruta, a elegância e o equilíbrio estão entre as características mais impressionantes deste belíssimo ano Vintage.”

Axa Millésimes investe na Califórnia e adquire Platt Vineyard

Axa Millésimes Platt

A Axa Millésimes — que em Portugal detém, no Douro, a Quinta do Noval e a Quinta do Passadouro, para além de outras propriedades vinícolas em França (Bordéus, Sauternes e Borgonha), Hungria (Tokaj) e EUA (Howell Mountain, Califórnia) — anunciou recentemente uma nova aquisição, igualmente na Califórnia, mas desta vez na zona oeste da região de […]

A Axa Millésimes — que em Portugal detém, no Douro, a Quinta do Noval e a Quinta do Passadouro, para além de outras propriedades vinícolas em França (Bordéus, Sauternes e Borgonha), Hungria (Tokaj) e EUA (Howell Mountain, Califórnia) anunciou recentemente uma nova aquisição, igualmente na Califórnia, mas desta vez na zona oeste da região de Sonoma, a poucos quilómetros do oceano Pacífico. Trata-se da Platt Vineyard, uma propriedade de 110 hectares, dos quais 15 plantados com Pinot Noir e Chardonnay, a sua grande especialidade.

Para Christian Seely, Director da AXA Millésimes, a lógica da aquisição da Platt Vineyard tem muito que ver com a experiência de Pinot e Chardonnay que a empresa ganhou no Domaine d’Arlot, em Borgonha. Após diversos estudos no local, Christian está convencido de que, neste terroir particular, com solos arenosos formados pelo antigo leito marítimo, vai conseguir Pinots e Chardonnays de qualidade similar aos de Borgonha.

A Platt Vineyard dedicou-se até agora, a produzir uvas para vender a produtores locais, pelo que caberá à Axa Millésimes fazer os primeiros vinhos e colocá-los no mercado.

Quinta do Noval declara Porto Vintage 2020

Noval Vintage 2020

O ano de 2020 é Vintage para a Quinta do Noval, produtor que acaba de anunciar os seus dois “habitués”: Quinta do Noval Nacional Vintage 2020 e Quinta do Noval Vintage 2020. Christian Seely, director-geral da empresa, escreveu em comunicado que “2020 foi um ano quente e seco, com um período longo de maturação que […]

O ano de 2020 é Vintage para a Quinta do Noval, produtor que acaba de anunciar os seus dois “habitués”: Quinta do Noval Nacional Vintage 2020 e Quinta do Noval Vintage 2020.

Christian Seely, director-geral da empresa, escreveu em comunicado que “2020 foi um ano quente e seco, com um período longo de maturação que culminou numa vindima precoce com uvas maduras no início de Setembro. Os vinhos resultantes são extremamente ricos e intensos, encorpados, sedosos e com uma grande densidade. A estrutura tânica é imensa mas com uma notável elegância”. 

Sobre o Noval Nacional, Christian Seely adianta que “Existem anos que sabemos logo após a pisa em lagar que iremos declarar um Porto Vintage Nacional, e 2020 foi um desses anos. O vinho exibe complexidade e profundidade que são típicas de um grande Nacional”.

Já o Quinta do Noval Vintage 2020, “apresenta um estilo invulgarmente concentrado e intenso para este vinho, mas mantém a pureza e frescura do vale do Pinhão, típica dos vinhos da Noval. Como habitualmente, fizemos uma selecção rigorosa dos melhores lotes de diferentes parcelas da nossa vinha. Este ano o lote final é composto por 3 lotes diferentes do vale do Pinhão e um lote do vale do Roncão”, acrescenta o administrador da Quinta do Noval.

Quinta do Noval declara três Porto Vintage 2019

Quinta do Noval Vintage 2019

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]Quinta do Noval Nacional, Quinta do Noval e Quinta do Passadouro, são os três Porto Vintage 2019 hoje declarados pela Quinta do Noval. O último é novidade, pois é o primeiro vinho do Porto Vintage Quinta do […]

[vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]Quinta do Noval Nacional, Quinta do Noval e Quinta do Passadouro, são os três Porto Vintage 2019 hoje declarados pela Quinta do Noval. O último é novidade, pois é o primeiro vinho do Porto Vintage Quinta do Passadouro vinificado pela equipa da Noval, no seguimento da aquisição ainda em 2019.

Christian Seely, director-geral da Quinta do Noval, comenta, sobre estes três vinhos: “Não foi uma decisão difícil declarar o Quinta do Noval Nacional 2019, que desde as primeiras provas, depois da vindima, revelou grandeza e profundidade merecedoras do nome Nacional. Produzido na pequena parcela virada a noroeste com vinhas em pé-franco, plantadas em socalcos no coração da Quinta, o Nacional, que é um field blend de várias castas tradicionais do Douro, foi vindimado como é habitual em apenas um dia, a 9 de Outubro, e vinificado com pisa a pé num lagar pequeno. Poderoso, estruturado e persistente, o Nacional é simultaneamente fresco e elegante. Muito complexo e profundo, acreditamos que este é um grande Nacional.

O Quinta do Noval Vintage 2019 tem um estilo Noval clássico e puro. Seleccionámos vinhos dos nossos 145 hectares para este Vintage. Foram seleccionados para fazer o lote final vinhos de 13 parcelas diferentes, maioritariamente do vale do Pinhão, mas também do vale do Roncão, e de vinhas com vista para o rio Douro. Perfeitamente harmonioso e elegante, encantador, concentrado e delicado, acreditamos que este é um grande Quinta do Noval, que representa a tradição desta casa.

Estou muito satisfeito com a qualidade do nosso primeiro Vintage no Passadouro, que mostra muita personalidade e reflecte o terroir, e que justifica plenamente a nossa decisão de adquirir esta vinha. Apesar de o Passadouro ser vizinho das vinhas da Quinta do Noval no Pinhão e no Roncão, e de ter uma qualidade e carácter que reconhecemos, também tem nuances diferentes que são distintas em cada parcela. Estamos encantados por incluir esta diferença e esta qualidade neste vinho”.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/1″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][divider line_type=”Full Width Line” line_thickness=”1″ divider_color=”default”][/vc_column][/vc_row][vc_row type=”in_container” full_screen_row_position=”middle” scene_position=”center” text_color=”dark” text_align=”left” overlay_strength=”0.3″ shape_divider_position=”bottom”][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no Instagram

[/vc_column_text][mpc_qrcode preset=”default” url=”url:https%3A%2F%2Fwww.instagram.com%2Fvgrandesescolhas|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no Facebook

[/vc_column_text][mpc_qrcode preset=”default” url=”url:https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fvgrandesescolhas|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][vc_column column_padding=”no-extra-padding” column_padding_position=”all” background_color_opacity=”1″ background_hover_color_opacity=”1″ column_shadow=”none” column_border_radius=”none” width=”1/3″ tablet_text_alignment=”default” phone_text_alignment=”default” column_border_width=”none” column_border_style=”solid”][vc_column_text]

Siga-nos no LinkedIn

[/vc_column_text][mpc_qrcode url=”url:https%3A%2F%2Fwww.linkedin.com%2Fin%2Fvgrandesescolhas%2F|||” size=”75″ margin_divider=”true” margin_css=”margin-right:55px;margin-left:55px;”][/vc_column][/vc_row]

Quinta do Noval lança azeite com imagem renovada

Não é só mais um azeite Virgem Extra. A Quinta do Noval — produtor de vinho do Porto e Douro — tem cerca de 26 hectares de olival, mas muitas das suas oliveiras têm mais de 200 anos, sendo cultivadas de modo tradicional, sem rega e com poda e colheita manual. As variedades de azeitona, […]

Não é só mais um azeite Virgem Extra. A Quinta do Noval — produtor de vinho do Porto e Douro — tem cerca de 26 hectares de olival, mas muitas das suas oliveiras têm mais de 200 anos, sendo cultivadas de modo tradicional, sem rega e com poda e colheita manual. As variedades de azeitona, por sua vez, são quatro e todas portuguesas: Cordovil, Madural, Verdeal e Galega, originando um azeite com 0,2% de acidez.

Este ano, com uma produção de 9394 garrafas de 50cl e um p.v.p. de €12,50, o Azeite Quinta do Noval Virgem Extra surge com uma imagem renovada, um novo rótulo e nova embalagem, sóbrios e elegantes. “A cor verde opaca da garrafa permite preservar a qualidade e lembra a cor da azeitona. O vertedor e a rolha de cortiça foram conservados para facilitar o serviço e a dosagem”, aplica o produtor.

Quinta do Noval e Romaneira declaram Vintage 2018

A Quinta do Noval e a Quinta da Romaneira, diferentes empresas do Douro que partilham o mesmo administrador – Christian Seely – acabam de declarar os respectivos Vintage 2018. Em relação ao Noval, Seely comentou: “Não será porventura uma surpresa estarmos a declarar o Quinta do Noval Vintage. (…) Como sempre, o Porto Vintage Quinta […]

A Quinta do Noval e a Quinta da Romaneira, diferentes empresas do Douro que partilham o mesmo administrador – Christian Seely – acabam de declarar os respectivos Vintage 2018.

Em relação ao Noval, Seely comentou: “Não será porventura uma surpresa estarmos a declarar o Quinta do Noval Vintage. (…) Como sempre, o Porto Vintage Quinta do Noval é feito exclusivamente a partir de uvas da nossa Quinta, no coração do Douro, e a quantidade engarrafada (1600 caixas) do Porto Vintage 2018 representa apenas 7% da produção da Quinta, como é hábito uma selecção muito rigorosa das melhores vinhas para fazer o lote Quinta do Noval. Tanto a Touriga Nacional como a Touriga Franca sobressaíram em 2018, em particular a Franca, que beneficiou das condições ideais de maturação, e este lote de vinho do Porto Vintage é dominado por estas duas castas”.

Já sobre o Romaneira, o administrador disse: “(…) Um terço da produção das nossas vinhas é dedicada ao vinho do Porto, pisada em lagares de aço inoxidável na nossa moderna adega, no alto da quinta. Da vindima de 2018, seleccionámos uma pequena parte dessa produção para fazer este vinho, que consideramos vir a ser um marco no restabelecimento da reputação da Romaneira como produtora de grandes Porto Vintage”. Do Quinta da Romaneira Vintage 2018, foram produzidas 555 caixas.

Quinta do Noval abre loja no cais do Pinhão

A Quinta do Noval anunciou a abertura da sua nova loja no cais do Pinhão, no coração do Douro. A Noval abriu a sua primeira loja em 1995 na margem sul do Douro em Vila Nova de Gaia, no centro histórico do comércio do vinho do Porto. Desde então, tem recebido clientes de todo o […]

A Quinta do Noval anunciou a abertura da sua nova loja no cais do Pinhão, no coração do Douro.

A Noval abriu a sua primeira loja em 1995 na margem sul do Douro em Vila Nova de Gaia, no centro histórico do comércio do vinho do Porto. Desde então, tem recebido clientes de todo o mundo, partilhando com eles a história da Quinta do Noval e dos seus vinhos do Porto. Com a abertura desta nova loja no cais do Pinhão, num antigo armazém de vinho do Porto, a Noval espera adicionar uma nova dimensão à experiência dos que a visitam, desta vez no Douro, mais perto das vinhas que originam a grande qualidade dos seus vinhos, chamando à descoberta do terroir e do carácter único dessas parcelas. Esta nova loja é, assim, um lugar de descoberta, de partilha de informação e, acima de tudo, de prova de vinhos. Uma gama completa de vinhos da Quinta do Noval e de artigos relacionados com o vinho vão estar também à venda na loja.

Christian Seely, Diretor Geral, comentou em comunicado de imprensa: “Um dos muitos desenvolvimentos interessantes nos últimos anos, no Porto e no Douro, foi o aumento importante de visitantes de todo o mundo. Vêm descobrir esta região mágica e provar os seus vinhos. Estamos muito satisfeitos com a expansão da nossa capacidade para os receber nesta nova loja no Douro, e ansiosos por partilhar os nossos vinhos e a nossa paixão pelas vinhas e pela região com todos os que nos visitam”.

A Quinta do Noval Wine Shop situa-se no número 15 da Rua da Praia.

Contacto: Cindy Esteves – +351 933770285 – cindy@quintadonoval.pt
Horário: De Novembro até à Páscoa: 10h30 – 13h00 e 14h00 – 19h30 / Fecha ao domingo e segunda-feira
Da Páscoa até Outubro: 10h30 – 19h30 / Abre todos os dias

Noval compra Quinta do Passadouro

Quinta do Passadouro

A notícia caiu nas redacções, através de um comunicado de imprensa da AXA Millésimes, a empresa detentora da Quinta do Noval. Christian Seely, Diretor Geral da AXA Millésimes e da Quinta do Noval escreve que “É com muito prazer que anuncio que adquirimos a Quinta do Passadouro à família Bohrmann, nossos vizinhos e amigos há […]

A notícia caiu nas redacções, através de um comunicado de imprensa da AXA Millésimes, a empresa detentora da Quinta do Noval. Christian Seely, Diretor Geral da AXA Millésimes e da Quinta do Noval escreve que “É com muito prazer que anuncio que adquirimos a Quinta do Passadouro à família Bohrmann, nossos vizinhos e amigos há muitos anos”.
A vinha do Passadouro é composta por duas parcelas principais, ambas semelhantes às parcelas da Quinta do Noval. Uma parcela no vale do Pinhão, onde se encontra a maioria da vinha da Noval, e que é considerado um dos melhores terroirs de vinha do Douro. E outra parcela no Roncão, onde a Noval também tem uma área de vinha importante. Diz ainda o comunicado que “os Vintages da Quinta do Noval são produzidos com uvas dos vales do Pinhão e do Roncão, e conhecemos a qualidade das vinhas vizinhas do Passadouro”.
A equipa do Passadouro vai continuar na Quinta e vai-se juntar à equipa dedicada da Quinta do Noval. “Desejamos manter a marca Quinta do Passadouro, que tem vindo a produzir vinhos impressionantes – vinhos do Porto e vinhos tintos do Douro – sob a gerência da família Bohrmann”, diz ainda o comunicado. Os 36 hectares da Quinta do Passadouro juntam-se aos 145 hectares da Noval, perfazendo uma área de vinha total de 181 hectares.
Christian Seely referiu ainda que “o Passadouro foi cuidado com carinho pela família Bohrmann durante muitos anos, e estamos muito felizes por adquirir esta fantástica propriedade, e de poder continuar o excelente trabalho iniciado quando a vinha foi comprada por Dieter Bohrmann em 1991. As vinhas do Passadouro vão ser tratadas pela Quinta do Noval com a mesma devoção e estamos ansiosos por produzir muitos grandes vinhos neste lugar tão especial”.
Ans Bohrmann, administradora & co-proprietária da Quinta do Passadouro comenta:“Estamos encantados por ter encontrado um novo e forte proprietário para a Quinta do Passadouro, que subscreve a nossa filosofia de vinhos e que, a longo prazo, garantirá o futuro desta magnifica propriedade”.