Home-SliderNotíciaNotícias

Garrafa de Borgonha de 1945 bate recorde em leilão

Há recordes que são batidos e outros que são completamente pulverizados. E foi este último cenário o que se verificou no passado sábado num leilão da Sotheby’s, em Nova Iorque. Uma garrafa de Romanée-Conti de 1945 foi arrematada por 538 mil euros, estabelecendo, por larga margem, um novo recorde para a garrafa de vinho standard mais cara do mundo – o anterior recorde era de 201 mil euros, pagos em 2010, em Hong Kong, por um Chateau Lafite Rotschild 1869.
A garrafa de Romanée-Conti, ícone máximo da região da Borgonha, França, foi vendida por cerca de 17 vezes o seu valor estimado. E, como que para vincar o triunfo em toda a linha sobre a outra mítica região francesa, Bordéus (terra do Lafite Rotschild), outra garrafa de Romanée-Conti 1945 foi transaccionada no mesmo leilão por 427.500 euros.
As duas garrafas provinham da colecção particular de Robert Drouhin, que dirigiu a Maison Joseph Drouhin entre 1957 e 2003. Da colheita de 1945 fizeram-se apenas 600 garrafas, antes de as vinhas serem arrancadas e depois replantadas – só voltou a haver Romanée-Conti (que é produzido em menos de dois hectares) em 1952.

Escreva um comentário