NotíciaNotícias

Rioja criou base de dados sobre a videira e o vinho

DocuVin.es

Chama-se docuvin.es e quer afirmar-se como uma importante referência em matéria de conhecimento no mundo da viticultura e vinho. Para isso, os organizadores compilaram toda a espécie de documentos, que neste momento chegam perto das 55.000 referências. A maior parte são artigos de revista (cerca de 53.000), livros (1.200) e teses de universidade (730). Um pouco mais de metade está em espanhol, mas existem ainda artigos em inglês (23 %), em francês (13 %) e em italiano (9 %). Em português há muito pouco… mas dada a proximidade das duas línguas, muitos técnicos e investigadores lusos poderão tirar partido desta ferramenta.

O reitor da Universidade da Rioja, Julio Rubio, apresentou o projecto, dizendo que se trata de “uma referência mundial para a investigação, inovação e, no geral, para a geração de conhecimento à volta da videira e do vinho “. O site abarca cinco âmbitos científicos principais: Vitivinicultura, Tecnologia Alimentar, Agronomia, Produção vegetal e Edafologia e Química agrícola. É intenção dos promotores duplicar, até 2019, o número de referências disponíveis. Entre as suas funcionalidades está a pesquisa documental avançada (com filtros), pesquisa específica de revistas, de teses, a possibilidade de seleccionar documentos e exportá-los em vários formatos, guardar pesquisas, receber alertas de revistas, de pesquisas guardadas e criar listas de referências para compartilhar.

O DocuVin é um esforço importante de três entidades espanholas da zona da Rioja: a própria autoridade local (Gobierno de La Rioja), a Universidad de La Rioja, através da Fundação Dialnet e o Instituto de las Ciencias de la Vid y el Vino, com sede na Rioja. (AF)

Escreva um comentário