A partir da vindima de 2017, a Lima Smith, produtor dos vinhos da Quinta da Boavista, da Quinta de Covela e da Quinta das Tecedeiras, passará a integrar no seu portefólio os vinhos da Fundação Eça de Queiroz. Este acordo surge na sequência de uma colaboração que já dura há vários anos e que se tem estreitado nos últimos tempos. A Quinta de Covela e a Casa de Tormes, sede da Fundação Eça de Queiroz, ficam a pouca distância uma da outra, ambas numa zona de transição entre as regiões dos Verdes (sub-região de Baião) e do Douro. A fundação possui 10 hectares de vinha (Avesso, Arinto, Alvarinho e Chardonnay) e a enologia passa a ficar a cargo de Rui Cunha.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here