Eventos

Mais uma grande noite de Prémios Grandes Escolhas

No dia 15 de Fevereiro, o velódromo de Sangalhos pareceu pequeno para receber um milhar de pessoas que aclamaram os grandes vencedores da noite. Mas o convívio de todo um sector, como se de uma família se tratasse, acaba por ser uma enorme mais valia dos Prémios Grandes Escolhas.

TEXTO António Falcão FOTOS João Esteves Cutileiro e Ricardo Gomez

O pavilhão do Centro de Alto Rendimento de Anadia, mais conhecido como Velódromo de Sangalhos, foi o cenário escolhido pela Grandes Escolhas para comemorar a segunda edição dos Prémios Grandes Escolhas. Por lá passaram cerca de um milhar de pessoas, a esmagadora maioria do sector vínico e gastronómico português, entre produtores, enólogos, sommeliers, representantes do comércio e distribuição, entidades oficiais e certificadoras e um bom conjunto de jornalistas especializados. A noite foi gloriosa e até São Pedro ajudou.
Esta cerimónia é de facto invulgar, não só pelas suas dimensões, mas também pela qualidade da refeição e, claro, dos vinhos que a acompanharam. Ou não fossem eles os premiados do ano. O serviço esteve também em grande nível, com mais de uma centena de pessoas envolvidas.
A cerimónia foi mais uma vez conduzida por Luís Lopes e João Geirinhas, respectivamente directores editorial e de negócio da Grandes Escolhas. Começaram a ir ao palco os produtores dos vinhos eleitos para o “top 30” do ano de 2018 e os galardoados com os 21 troféus Grandes Escolhas. No ecrã gigante iam desfilando os 286 vinhos eleitos pelo painel de provadores da revista como Melhores de Portugal, uma galeria de notáveis representando todas as regiões do país.
Esta foi, mais do que prémios, uma noite de afectos, de abraços, beijos e sorrisos. E algumas gargalhadas. De Trás-os-Montes ao Algarve, de Portalegre até ao Funchal ou Pico. Foi, por assim dizer, uma reunião de família.

Veja a galeria de fotos com todos os premiados.

Edição Nº23, Março 2019

Escreva um comentário