Home-SliderNotíciaNotícias

Programa VITIS: Adega de Monção candidatou-se pelos seus associados

By 16 de Julho, 2020 Sem comentários

O Programa VITIS é um mecanismo de apoio à reestruturação e reconversão de vinhas, inserido no IFAP – Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas. Pode candidatar-se qualquer pessoa, singular ou coletiva, que exerça ou venha a exercer a atividade vitícola. A ajuda é fixada por hectare, em função do material vegetativo utilizado, da sistematização do terreno e da densidade de plantação.

A Adega de Monção – uma adega cooperativa da região do Vinho Verde e o maior produtor de vinho da sub-região Monção e Melgaço – candidatou-se a este programa em nome dos seus 1600 associados, candidatura esta que foi aprovada. Isto significa que a Adega de Monção receberá um apoio de 744 mil euros para uma área de 64688 hectares de vinha. Este valor será dividido pelos associados que demonstraram interesse neste programa, que foram avaliados em vários parâmetros e estão agora sujeitos ao cumprimento de normas comunitárias e nacionais, que conferem direito ao apoio. Como explica a Adega de Monção, “os candidatos ficam obrigados a proceder à entrega da sua produção ao representante da agrupada, pelo prazo mínimo de cinco anos após a campanha de plantação”.

Armando Fontainhas, presidente da Adega de Monção, afirma: “A Adega de Monção está sempre pronta a ajudar os seus associados. Esta candidatura é importante para todos nós, para a nossa região e para todos aqueles que trabalham, diariamente, com dedicação. Este programa é, também, um estímulo para o investimento no setor agrícola”.

Escreva um comentário