Pela quarta vez desde 2000 e pela primeira desde a mítica colheita de 2011, a Symington Family Estates declarou o Porto Vintage 2016 para todas as suas casas. Em comunicado, a empresa classifica os vinhos desse ano como “excepcionais, com taninos que estão entre os mais refinados de sempre”. A produção de cada um dos Portos 2016 da família é cerca de 20 por cento inferior ao anterior Vintage declarado, algo que a Symington justifica com a rigorosa seleção das uvas na sala de provas.

Todos os Vintage Symington 2016 provêm de quintas próprias onde o enólogo Charles Symington e a sua equipa de viticultura estiveram diariamente, desde meados de Agosto até princípios de Outubro, de modo a realizarem os imprescindíveis estudos de maturação. Os Vintage foram produzidos nas cinco pequenas adegas de lagares da Symington, empregando o método tradicional de pisa, associado aos grandes Porto.

O Inverno de 2015/16 foi mais chuvoso do que a média, sendo que a pluviosidade atuou como contrapeso vital ao Verão quente que se verificou no Douro. As temperaturas altas do início de Setembro motivaram uma vindima precipitada por parte de alguns produtores, mesmo que fosse claro, para os que monitorizavam as vinhas, que as uvas não estavam prontas. Para além disso, a meteorologia previa chuva e, efetivamente, aguaceiros providenciais acabariam mesmo por chegar nos dias 12 e 13 desse mês. “2016 foi um ano em que interpretar corretamente os sinais na vinha se revelou crucial”, sublinha Charles Symington, afirmando ainda que “foi também necessário correr alguns riscos”. Pelos vistos, valeu a pena.

 

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here