LançamentoNotícias Vinho

Casa Santa Vitória: topos de gama em cima da mesa

By 9 de Fevereiro, 2018 Sem comentários

De uma assentada, a Casa Santa Vitória lança os seus topos de gama branco e tinto. São vinhos sólidos, de um projecto que já cimentou a sua imagem no âmbito do grupo Vila Galé.

 

TEXTO Luís Francisco NOTAS DE PROVA João Paulo Martins FOTOS Cortesia do produtor

A Casa Santa Vitória foi criada no início deste século e tem como actividade a produção e comercialização de vinhos e azeites do Alentejo. Em pouco mais de década e meia, afirmou-se pela qualidade dos seus produtos, pelo sucesso empresarial (2,7 milhões de euros de facturação em 2016) e pela capacidade para afirmar uma personalidade própria, apesar de estar englobada no hoteleiro Grupo Vila Galé. Com 127 hectares de vinha, a empresa divide o seu portefólio por três gamas: Versátil, Santa Vitória e Inevitável.

Por enquanto, apenas existe Inevitável tinto – e este topo de gama só sai em anos considerados excepcionais. O branco mais ambicioso da casa é, assim, o Santa Vitória Grande Reserva, também apresentado em Dezembro, num almoço no Hotel dos Arcos, em Paço d’Arcos. Temos, assim, sobre a mesa o melhor que a Casa Santa Vitória produz (incluindo azeites, mas isso é outro tema…).

O Santa Vitória Grande Reserva branco 2016 é um varietal de Arinto, quebrando a tradição do lote com Chardonnay. “Achámos que o Chardonnay este ano não estava à altura”, assume Patrícia Peixoto, a enóloga residente, que trabalha com consultoria de Bernardo Cabral. É um vinho que passou entre seis e sete meses em barrica nova, com ‘battonage’, e foram feitas apenas 1.200 garrafas. Já o Inevitável tem nesta edição 2015 uma “tiragem” maior: 10.000 garrafas. Tradicionalmente feito com as duas melhores castas do ano (das 10 tintas plantadas na herdade, a sul de Beja), desta vez tem Touriga Nacional e Syrah e estagiou maioritariamente em barrica nova – “No 2016 já haverá uma parte de barrica com dois anos”, promete Patrícia Peixoto. Das cerca de 300 barricas guardadas, foram escolhidas as melhores, umas 20, para engarrafar.

Escreva um comentário