Home-SliderNotíciaNotícias

Colinas do Douro reforça-se ecologicamente com aprovação de fundo ambiental

By 15 de Dezembro, 2020 Sem comentários

O produtor Colinas do Douro, que integra a iniciativa europeia Business & Biodiversity — reforça agora o seu compromisso ecológico com a aprovação de um fundo ambiental. 

Desde 2010 que esta empresa — que se materializa numa propriedade com 470 hectares situada no Douro Superior — mantém uma acentuada filosofia de consciência ambiental, que lhe valeu a assinatura com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) de um Memorando de Entendimento, no âmbito do qual foi definido um modelo de gestão que considera a biodiversidade parte integrante da actividade da Colinas do Douro. Na prática, esta filosofia traduz-se num conjunto de acções, como a gestão dos 106 hectares de vinha em modo de Produção Integrada (desde 2010) e 5 hectares em fase final de transição para Biológico; armazenamento de água durante o período das chuvas, numa charca reabilitada em 2018, com 55000m3 de capacidade, o que diminui o gasto de água em período de seca; melhoria e conservação das condições das espécies da fauna e flora e dos seus habitats naturais (como a zona “Santuário para as aves”); ou a colocação de 25 apiários. 

“Quem trabalha com um produto da Natureza, como é o caso da vinha e das uvas, percebe facilmente como tudo isto está interligado, e que o nosso papel enquanto actores em cenários destes é preservar”, afirma Jorge Rosa Santos , enólogo da Colinas do Douro. “Só assim podemos trabalhar para um Mundo melhor, do qual os nossos filhos possam desfrutar, como os nossos pais puderam”.

O memorando que elenca todas as medidas do Plano de Reforço Ecológico de Colinas do Douro pode ser consultado aqui.

Escreva um comentário