Home-SliderNotíciaNotícias

Corticeira Amorim marca 150 anos com renovação total de imagem

By 10 de Janeiro, 2020 Sem comentários

São já 150 anos que cumpre a maior empresa de transformação de cortiça do mundo. Com 763 milhões de euros de vendas consolidadas (em 2018), para cerca de 27 000 clientes em mais de 100 países, a Corticeira Amorim tem já 4431 colaboradores, incluindo 1200 fora de Portugal, dez unidades de preparação de matéria-prima e dezanove unidades industriais.

É de sublinhar que, mesmo com esta gigante dimensão, a Corticeira Amorim mantém uma pegada de carbono negativa. E é por esta consciência sustentável e ambiental que a empresa anunciou ontem, dia 9 de Janeiro, que vai já este ano colocar em marcha o Projecto de Intervenção Florestal: mobilizar os produtores florestais a plantarem, em conjunto, 50 mil hectares de sobro nos próximos dez anos. Com este plano, a Amorim espera um incremento de 7% na área de floresta de sobro, que corresponderá a um aumento de 35% da produção de matéria-prima, a cortiça, respondendo assim às necessidades deste sector em crescimento.

Possuindo um portefólio de produtos com aplicações em diversos sectores, como vinho (produz 25 milhões de rolhas por dia, sendo a maior fatia do bolo Amorim), construção, pisos, aeronáutica, automóvel, calçado, entre outros, a Amorim implementou um processo de produção integrado que garante que nenhuma cortiça é desperdiçada e apoia várias iniciativas para recolha e reciclagem de rolhas de cortiça nos cinco continentes.

Ao celebrar estes 150 anos, a corticeira apresentou também uma total renovação da identidade visual, da empresa e de todas as suas marcas, que inclui a nova logo-marca AMORIM. Desenvolvida pelo Atelier Eduardo Aires, a nova identidade tem como referência central o sobreiro e a sustentabilidade, representados de forma contemporânea, e o círculo que abraça todas as áreas tocadas pela empresa, desde o montado ao produto final.


António Rios de Amorim, CEO da Corticeira Amorim (primeiro e à esquerda na foto), afirma: “No momento em que comemoramos 150 anos, sentimos que chegou a altura de refundar a marca, com uma visão mais actual e representativa da ambição temos para o futuro”.

Leia a reportagem do evento na edição de Fevereiro, nº 34, da revista Grandes Escolhas.

Escreva um comentário