Home-SliderNotíciaNotícias

Sara Rodrigues e Matos abre escola de vinhos em Coimbra

Sara Rodrigues e Matos - The Wine House

Para muitos enófilos, Sara é uma conhecida enóloga que trabalhou 9 anos com o produtor Luís Pato e mais 2 anos com a Lavradores de Feitoria. Nos últimos 2 anos, diz-nos ela, “estive a dedicar-me à família”. Pois bem, Sara está de regresso com um projecto próprio, uma escola de vinho em Coimbra, na Urbanização Quinta da Portela. A empresa chama-se The Wine House e pretende realizar cursos, mas não só.
A primeira iniciativa será já Domingo, 19 de Janeiro e será constituída por uma sessão de Wine Games. A sessão custa €20 e terá cerca de uma hora de duração. Os Wine Games, diz Sara, “são jogos divertidos à volta do vinho e dos sentidos, que ajudam a perceber por que gostamos dos vinhos que gostamos”. O jogo destina-se tanto a novatos como a especialistas.
Existem vouchers para oferecer a quem quiser. Existirá nova sessão no dia 15 de Fevereiro.
Sara considera que “a maioria das pessoas acha que o vinho é complicado: há muita escolha, os rótulos são confusos, e não sabem por que é se diz que cheira a rosas ou a baunilha de Madagáscar. Como é que algo tão prazeroso pode ser, ao mesmo tempo, tão intimidante?”
Mas a verdade está no gosto pessoal: “ninguém sabe mais sobre ti e do que gostas, do que tu mesmo. E saber porque é que gostamos dos vinhos que gostamos, é o primeiro passo para apreciarmos o vinho de forma livre e despreocupada”, considera a técnica.
A The Wine House tem outras experiências prontas: a 24 de Janeiro será realizada uma prova de seis vinhos de Luis Pato, sob o tema “Redução e Oxidação: fazer vinho com e sem oxigénio”. Custa 40 euros e realiza-se durante duas horas. A 1 de Fevereiro vem outro curso: Os aromas do vinho, com a participação do especialista Francisco Campos. Dia 24 de Fevereiro, novo curso: Os defeitos do vinho, com a participação do sommelier António Lopes. Estes dois eventos duram 2 horas e custam 30 euros cada.
Para além destas actividades, Sara presta assistência a eventos privados. Cada caso será um caso e por isso terá de ser acordado pontualmente. Tudo está explicado em pormenor no site da empresa, em www.thewinehouse.pt

Escreva um comentário