Home-SliderNotíciaNotícias

COVID-19: Bairrada junta esforços para produzir gel desinfectante derivado de aguardente

By 23 Março, 2020 Sem comentários

Esta notícia é mais uma que se insere no tema “coisas boas que acontecem no meio da adversidade”, neste caso, a pandemia da Covid-19. Tudo tomou forma a partir de um repto, lançado nas redes sociais, de Miguel Ferreira, autor da magazine digital A Lei do Vinho:

“A Unidade de Saúde da Mealhada contactou as farmácias locais no sentido de se criar uma equipa de trabalho para produzir álcool gel a partir de aguardente vínica. Para tal necessitam com urgência de espaços de destilação onde o produto possa ser produzido. A todos os produtores bairradinos que possam ajudar, agradeço que me contactem por mensagem privada ou contacto com Mafalda Melo. Com o apoio de todos podemos ultrapassar mais depressa este flagelo”.

À data desta notícia, a publicação já tinha atingido 145 partilhas, o que levou ao sucesso do apelo. Mário Sérgio Nuno, da Quinta das Bágeiras, foi o primeiro produtor a disponibilizar as suas destilarias. Seguiu-se a destilaria Levira, situada em São Lourenço do Bairro, na pessoa de Pedro Carvalho, uma das maiores de Portugal. E outros seguirão o exemplo.

Como revela o Sapo24, a farmacêutica da Mealhada referida no pedido de Miguel Ferreira, Mafalda Melo, declarou que “O objectivo é minimizar a dificuldade de acesso [ao gel desinfectante] por parte da população não ligada aos serviços de saúde. Já escasseiam as soluções e a Bairrada, com forte tradição na produção de derivados vinícolas, estaria disposta a ceder a matéria-prima para posterior destilação. É uma ideia transversal a enfermeiros e farmacêuticos. A proximidade aos produtores é grande e eles questionam-nos sobre essa eventual possibilidade”.

Escreva um comentário