Home-SliderNotíciaNotícias

Jardins da Aveleda são agora “Jardim Histórico”

É a Associação Portuguesa de Jardins Históricos que atribui este tipo de classificação, agora recebida pela Aveleda e os seus bonitos jardins. O “Jardim Histórico” da Quinta da Aveleda passa, assim, a integrar uma das sete rotas nacionais que destacam os mais importantes jardins deste tipo em Portugal, a Rota dos Jardins Históricos do Baixo Minho. Para partilhar com o público o efeito da Primavera nos seus jardins, a empresa criou uma série de 10 episódios com visitas virtuais, guiadas pela sua equipa de enoturismo. Estas visitas acontecem às terças e quintas-feiras, pelas 16 horas, nas redes sociais dos vinhos Aveleda: Instagram e Facebook.

Em comunicado de imprensa, a Aveleda descreve o seu património: “O imponente muro de granito com cerca de três metros de altura, construído no século XIX, delimita os cerca de quinze hectares de jardins e mata, numa propriedade com mais de 150 hectares. Manoel Pedro Guedes, fundador da Aveleda em 1870, quis delimitar e preservar uma zona junto à sua Casa para aí construir um jardim único que até hoje tem sido cuidado pelas várias gerações da Família Guedes. Um homem particularmente tocado pela cultura francesa e influenciado pela arte inglesa no desenho de jardins conseguiu estabelecer nos jardins da Aveleda a simbiose entre a ordem francesa do desenho das avenidas e o romantismo inglês dos caminhos nos bosques”. Aqui, “florescem azáleas, rododendros, camélias e cerejeiras, entre raras espécies de árvores, algumas das quais centenárias”.

Escreva um comentário