Sabores

Lisboa a fervilhar

A capital europeia de que o mundo fala está imparável em matéria de restauração e eventos. Confira as novidades.

 

Chefs e bailarinas na suite presidencial do Ritz
O quarto mais exclusivo de um dos hotéis mais exclusivos de Lisboa vai servir de mesa para alguns dos mais interessantes chefs mundiais. Ao longo de todo o ano, a suite presidencial do Ritz sentará à mesa vinte privilegiados (de cada vez), que poderão experimentar as cozinhas do espanhol Eneko Atxa (restaurante Azurmendi, três estrelas Michelin, dia 14 de Abril), do brasileiro Alex Atala (D.O.M., duas estrelas Michelin, dia 25 de Abril) ou do francês Mauro Colagreco (Mirazur, duas estrelas Michelin, em Setembro). Ao longo da refeição, que terá um preço base de 550 euros, haverá uma encenação cuidada, que inclui a performer e bailarina Alice Joana Gonçalves. O evento está incluído no festival Sangue na Guelra, evento produzido pela agência Amuse Bouche.

Jamie’s passa por crise inédita
Apesar de já ter fechado sete restaurantes e preparar-se para encerrar mais 12, Jamie Oliver abriu mesmo em Lisboa — uma prova da força actual da capital portuguesa no mundo. A conhecida estrela da TV, com programa regular no 24 Kitchen, está a passar por uma das fases mais difíceis da sua carreira, tendo sido noticiado no mês passado que as dívidas da cadeia Jamie´s Italian ascendem a 80 milhões de euros. O plano de reestruturação está em marcha, mas só afectará restaurantes no Reino Unido. O Jamie’s Italian de Lisboa abriu com aplauso moderado e, que se saiba, sem a presença de Jamie. Há bruschettas, massas frescas, pizzas e outras especialidades de inspiração italiana, com os preços a rondar os 25/30€ por cabeça, tudo na mesma linha dos mais de 50 Jamie’s que existem no mundo.

Mais uma pitada de Avillez
Janeiro foi outro mês de sucesso para o chef José Avillez. Depois de ter ganho o Grand Prix de L’Art de La Cuisine, no início do mês, dado pela Academia Internacional de Gastronomia, o chef do Belcanto, com duas estrelas Michelin, abriu mais um restaurante. A Pitaria trata apenas de pitas e é um pequeno espaço com 18 lugares, mesmo em frente ao Bairro do Avillez, no Chiado. O pão tem a forma redonda e achatada típica e há sete variedades de recheio, dos clássicos kebab e baba ganoush até à sujuk, com uma salsicha arménia.

Rui Silvestre já tem Quorum
O chef Rui Silvestre, que em 2015 conseguiu uma estrela Michelin no restaurante Bon Bon, no Algarve, já abriu o seu restaurante em Lisboa, no Chiado. A carta tem alguns pratos que Silvestre já fazia, mas acrescenta novidades. Entre os pratos está uma interpretação de ceviche com tapioca e flores; uma sopa inspirada na pho vietnamita; raia, couve-flor e wasabi; ou as ostras com pepino e kombu. Todos podem ser provados em dois menus diferentes, um de quatro “viagens”, por 46 euros, outro de seis “viagens”, por 58 euros.