Home-SliderNotíciaNotícias

Neutrocork Xpür da Amorim com pegada de carbono negativa

By 31 de Outubro, 2022 Sem comentários

A Corticeira Amorim anunciou recentemente os resultados de um estudo conduzido pela consultora Price Waterhouse Coopers, que comprovam que a rolha microgranulada produzida com Xpür, a tecnologia anti-TCA patenteada pela empresa para este tipo de rolhas, tem uma pegada de carbono altamente favorável. Assim, o carbono armazenado na Neutrocork Xpür é de -3.542g CO2 e/rolha à saída de fábrica. Ao considerar o transporte para o Reino Unido, a pegada de carbono é -2.086g CO2 e/rolha. Mas se incluirmos o sequestro de carbono feito pela floresta de sobro, o resultado é um balanço de carbono de -393g CO2 e/rolha.

A tecnologia anti-TCA Xpür aprimora a aplicação convencional de CO2 supercrítico, actualizando o conceito com inovações desenvolvidas já no século XXI e é utilizada no tratamento das rolhas técnicas Neutrocork Xpür e QORK – esta última empregando um ligante inovador, feito exclusivamente com polióis de origem vegetal. A abordagem da Corticeira Amorim utiliza apenas 25% da energia e somente 10% do CO2 anteriormente necessários. Além disso, reclama a empresa, a Xpür consegue resultados de níveis de redução de TCA para valor igual ou inferior ao limite de quantificação de 0,3 ng/L em rolhas microgranuladas tratadas, deixando intactas as propriedades físico-mecânicas da cortiça. 

O estudo debruçou-se sobre as diferentes etapas do ciclo de vida numa abordagem “cradle-to-gate”, nomeadamente: atividades florestais; preparação de cortiça, incluindo o transporte da floresta; produção; e acabamento e embalagem. Tendo como objectivo a comparação com estudos anteriores, também foi incluída a distribuição do produto de Portugal para o Reino Unido. A avaliação incluiu ainda informações adicionais sobre o sequestro de carbono da floresta de sobreiro.

Siga-nos no Instagram
Siga-nos no Facebook
Siga-nos no LinkedIn

Escreva um comentário