Home-SliderNotíciaNotícias

Universidade de Évora já tem licenciatura em Enologia

Para muitos aspirantes a enólogo, esta licenciatura já tardava. Ei-la finalmente, a ser coordenada pela professora Maria João Cabrita. A licenciatura em Enologia avança já este ano lectivo e terá a duração de 6 semestres. Diz a Universidade de Évora em comunicado de imprensa, que “numa região internacionalmente reconhecida como produtora de vinhos de qualidade entendeu-se como fundamental oferecer formação superior na área, possibilitando formar, na única Universidade da maior região do país (NUTS II), as novas gerações de técnicos, gestores e empresários para na área vitivinícola”. O comunicado diz ainda que novo curso vai estar “fortemente ligado à produção e à investigação científica na área da Vitivinicultura, nas quais a Universidade de Évora tem condições únicas”. Que condições são essas? Pois bem, desde o primeiro ano os estudantes da Licenciatura em Enologia terão a oportunidade de contactar com a realidade da produção vitivinícola na Herdade Experimental da Mitra, Pólo da Escola de Ciências e Tecnologia, bem como contactar com actividades de investigação nesta área, por exemplo no MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento, recentemente classificado como “Excelente” pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Destaque ainda, no plano do curso, para a formação em Enoturismo, que é para Maria João Cabrita, “diferenciadora relativamente a outras formações oferecidas nesta área”.

Maria João Cabrita, a coordenadora do curso de Enologia.

Estas são “condições excepcionais para o ensino nesta área” declarou Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora. Na base da decisão de criação deste novo curso estiveram “a longa tradição e know-how da instituição na área da Vitivinicultura” que “vem fortalecer a aposta da Universidade numa diversificação da formação em linha com as especificidades e necessidades da região, respondendo, desta forma, à Estratégia de Especialização Inteligente do Alentejo, em que a Vinha e o Vinho é uma das principais áreas de desenvolvimento.
Para os interessados, podem obter mais informação na página respectiva da Universidade de Évora.

Escreva um comentário