Home-SliderNotíciaNotícias

Encostas de Melgaço foi Grande Ouro nos “Melhores Verdes 2022”

By 29 de Abril, 2022 Sem comentários

A cerimónia de entrega de prémios do concurso “Os Melhores Verdes 2022” — que teve lugar em Viana do Castelo, no Teatro Municipal Sá de Miranda — distinguiu 157 vinhos da região dos Vinhos Verdes, em 11 categorias, com destaque para a Grande Medalha de Ouro, atribuída ao branco Encostas de Melgaço Alvarinho 2020.

Organizado pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), o concurso viu nesta edição um aumento de 9% nos vinhos inscritos com a colheita de 2019 ou anterior, o que confirma a crescente aposta dos produtores da região no potencial de guarda.

Uma das novidades, este ano, foi a atribuição do Prémio Enoturismo, mantendo-se o prémio “A Melhor Vinha”, “uma distinção integrada no concurso com o objectivo de apoiar e promover a viticultura de excelência, premiando a sustentabilidade ambiental, social e económica das explorações”, diz a CVRVV, em comunicado. 

Melhores Verdes 2022

Prémio Enoturismo 2022: Solar das Bouças, em Amares

Já o Prémio Excelência foi atribuído a Manuel Pinheiro, que este ano termina o mandato como Presidente da CVRVV, após 22 anos de trabalho “reconhecidos como motor de evolução e promoção da marca”.

“(…) Este ano, assinalamos dois pontos de relevo nesta cerimónia: a retoma dos eventos presenciais e um regresso a Viana do Castelo, cidade fundacional na história de mais de 114 anos do Vinho Verde. Contámos, desde o primeiro momento, com todo o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo e não podemos deixar de sublinhar a satisfação neste momento simbólico da região.
Hoje, temos novos 157 motivos de orgulho para promover a região durante o próximo ano, dando expressão à excelente qualidade dos vinhos que fazem um caminho de valorização crescente, dentro e fora do país, chegando a mais de cem mercados em todo o Mundo. Paralelamente, atribuímos pela primeira vez o Prémio Enoturismo, destacando uma aposta que tem vinho a fortalecer o território e a sua identidade, com espaços fabulosos que acolhem os visitantes dando a conhecer o que aqui se produz”, explica Manuel Pinheiro.

O júri de especialistas em vinho, de várias regiões vitivinícolas, provou às cegas 218 amostras e medalhou 13 vinhos na categoria Ouro, e 12 na categoria Prata, com 131 referências a qualificar-se na categoria Honra. Os premiados foram agrupados em 11 grandes categorias: Vinhos Verdes Brancos, Rosados, Tintos, de Casta, Colheita Igual ou inferior a 2019, Vinhos Verdes Alvarinho, Vinhos Verdes Avesso, Vinhos Verdes Loureiro, Espumantes de Vinho Verde, Aguardentes de Vinho Verde e Vinho Regional Minho. Os prémios Ouro e Prata foram atribuídos ao primeiro e segundo classificados em cada categoria e os prémios Honra aos restantes concorrentes com pontuação igual ou superior a 80 pontos.

A lista completa dos prémios Os Melhores Verdes 2022, e das Medalhas Grande Ouro, Ouro, Prata e Honra, pode ser consultada AQUI.

Siga-nos no Instagram
Siga-nos no Facebook
Siga-nos no LinkedIn

Escreva um comentário