Home-SliderNotíciaNotícias

Port Wine Day é já a 7, 8 e 10 de Setembro

Port Wine day

Esta já é a 6.ª edição da iniciativa Port Wine Day, uma iniciativa do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP), em articulação com o sector do Vinho do Porto. A intenção é festejar os 263 anos da Região Demarcada do Douro que, e para além dos socalcos, das vinhas e do rio, abarca também o vasto património arquitectónico, monumental e escultural.
As acções a realizar vão-se estender ao longo do Vale do Douro e incluem provas, jantares vínicos, o evento da declaração de Ano Vintage (2017), festas ao pôr-do-sol e cerimónias de entrega de prémios. Mas vamos por partes:
As celebrações terão início no dia 7 de Setembro, Sábado, no Palácio da Bolsa, no Porto, com uma Grande Prova Porto Vintage 2017 (16h), com 50 marcas presentes. Seguir-se-á um dos momentos altos do Port Wine Day 2019: a declaração de Ano Vintage 2017 pela Confraria do Vinho do Porto.
No dia seguinte, 8 de Setembro, Domingo, no Jardim das Oliveiras, no Porto, haverá uma Sunset Party, com 29 marcas presentes. A decorrer entre as 17h e as 22h, e aberta ao público, o sucesso da iniciativa em anos anteriores transformou-a num clássico do Port Wine Day. Novidade da edição 2019 será a atribuição de quatro prémios – Enoturismo, Viticultura, Enologia e Revelação – a projectos que conseguiram destacar-se na região. A entrega de prémios será efectuada no decorrer do Jantar “Douro Sustentável”, a ter lugar no Museu de Lamego no dia 10 de Setembro (20h), terça-feira. Uma oportunidade para sobretudo “brindarmos às pessoas”, sublinha Gilberto Igrejas, presidente do IVDP. E continuou: “o objectivo do Port Wine Day é atrair os apaixonados, mas paralelamente todos os outros que ainda ignoram a sua arrebatada paixão pelo vinho”.
Recorde-se que a Região Demarcada do Douro é a mais antiga região vitivinícola delimitada e regulamentada do mundo. Foi instituída pelo Marquês de Pombal em 1756 e estende-se da Vila de Barqueiros, no distrito de Vila Real, até Barca D’Alva, no distrito da Guarda. Abrange uma área de cerca de 250 mil hectares e inclui o Alto Douro Vinhateiro, classificado Património Mundial da UNESCO desde 2001.

Escreva um comentário